Preso suspeito de matar a mulher com pedrada em SP

Portal Terra

SÃO PAULO - O trabalhador rural Adailto de Lima, 23 anos, foi preso neste sábado sob suspeita de matar sua companheira Lucia Batista Ferreira, 29 anos, com uma pedrada na cabeça. O crime aconteceu na cidade de Teodoro Sampaio, no pontal do Paranapanema, extremo oeste do Estado de São Paulo.

Segundo informações da Polícia Militar, o casal retornava de um churrasco no balneário da cidade e teriam se desentendido depois que de a mulher falar que pretendia terminar o relacionamento. Insatisfeito com a decisão da mulher, Lima teria agredido a mulher com vários socos até ela cair. Em seguida, segundo a polícia, ele apanhou uma pedra e desferiu o golpe contra a cabeça de Lucia, que morreu na hora.

A Polícia Militar recebeu a informação sobre o caso e uma equipe da Companhia de Força Tática seguiu para o local.

- Quando nossa equipe chegava à cidade, pudemos ver um homem que caminhava Assustado pela margem da estrada e ao ver a guarnição, ele empreendeu fuga. (...) Pelas descrições que tínhamos, percebemos que poderia ser o autor do crime e iniciamos o acompanhamento até que o detemos - afirmou o sargento Jock, que atendeu a ocorrência.

Segundo a polícia, Lima confessou o crime assim que foi detido. Ele foi autuado em flagrante por homicídio qualificado pelo delegado Edmar Trindade Nagai. O suspeito foi encaminhado para a cadeia pública de Presidente Venceslau e vai ser transferido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caiuá (SP), onde permanecerá recolhido aguardando a decisão da Justiça.