PSDB protocola representação contra Luciana Genro

Agência Câmara

BRASÍLIA - O líder do PSDB na Câmara, José Aníbal (SP), protocolou hoje representação no Conselho de Ética da Câmara contra a deputada Luciana Genro (Psol-RS). O partido alega que a deputada quebrou o decoro parlamentar ao fazer falsa denúncia contra a governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB). Anibal argumenta que a parlamentar não apresentou provas de suas denúncias.

No mês passado, o Psol afirmou ter tido acesso a vídeos e áudios que mostram a prática de caixa dois na campanha do PSDB ao governo gaúcho e o envolvimento direto de Yeda no desvio de dinheiro do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

As denúncias foram feitas ontem pela deputada federal Luciana Genro (RS) e Pedro Ruas, advogado do partido e vereador de Porto Alegre, em entrevista coletiva. Ele afirmaram que viram os vídeos, mas não informaram como tiveram acesso ao material. Eles disseram apenas que os vídeos e os áudios foram entregues à Justiça Federal pelo ex-coordenador da campanha de Yeda ao governo, Lair Ferst. A Justiça Federal não confirma a existência do material.