Defesa de Lago decide recorrer de decisão do TSE

Marina Mello, Portal Terra

BRASÍLIA - O advogado de defesa do governador do Maranhão, Jackson Lago (PDT), Francisco Francisco Rezek, informou que irá recorrer da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que cassou o mandato do pedetista.

- Vamos recorrer ao TSE em primeiro lugar e onde mais for possível - disse.

Lago foi acusado de cometer irregularidades durante as eleições de 2006, como abuso de poder e compra de votos. Por 5 votos a 2, ele teve o diploma cassado na madrugada desta quarta-feira. Os ministros do TSE decidiram ainda que a senadora Roseana Sarney (PMDB) deveria assumir o cargo já que ficou em segundo lugar na eleição.

De acordo com o presidente do TSE, ministro Ayres Britto, depois de publicada a decisão (que não tem data prevista para ocorrer), a defesa de Lago tem até três dias para entrar com um recurso pedindo o embargo da cassação.

Tão logo que isso aconteça, o tema deve ser retomado pelo tribunal e, segundo Britto, o assunto terá prioridade na pauta.