Vannuchi diz ser favorável à vinda de presos de Guantánamo

Portal Terra

BRASÍLIA - O secretário especial de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, disse ser favorável ao recebimento de prisioneiros de Guantánamo no Brasil. O fechamento da prisão, que se tornou símbolo das violações na luta contra o terrorismo, foi anunciado pelo presidente americano, Barack Obama, assim que tomou posse, em janeiro. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Os Estados Unidos, agora, tentam encontrar um destino para cerca de 60 detentos, considerados menos perigosos, mas que não podem voltar aos seus países de origem, pelo risco de tortura ou assassinato.

Apesar de se colocar como favorável à vinda dos prisioneiros ao Brasil, Vannuchi afirmou que sua opinião é apenas pela perspectiva dos direitos humanos, e não leva em conta a política ou posição internacional do Brasil. - Se o chanceler Celso Amorim (ministro das Relações Exteriores) pedir minha opinião em relação ao aspecto dos direitos humanos, meu parecer seria favorável -disse, segundo o Estado.

Diplomatas de alto escalão no Itamaraty já teriam conversado com o chanceler Celso Amorim sobre a possibilidade de o país receber alguns prisioneiros de Guantánamo. No final do mês, os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Barack Obama realizam em Washington seu primeiro encontro oficial e podem discutir o assunto.