Decisão da Justiça sobre Battisti será respeitada, diz Lula

Portal Terra

BELÉM - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, no Fórum Social Mundial, em Belém (PA), que o impasse entre Brasil e Itália pelo asilo político concedido ao italiano Cesare Battisti pelo ministro da Justiça, Tarso Genro, será decidido pela Justiça. - Na hora que a Justiça tomar a decisão, seja qual for, nós não discutimos mais e respeitamos a decisão - afirmou o presidente.

- É importante que as pessoas respeitem as decisões soberanas de cada país. E a Itália tem o direito de recorrer ao Poder Judiciário - disse Lula. Battisti é condenado à prisão perpétua em seu país pelo assassinato de quatro italianos, nos anos 70. O ex-ativista nega as acusações.

- Não é um problema como este que vai abalar uma relação que eu diria que é quase inquebrantável - afirmou o presidente. Após diversas mensagens oficiais de descontentamento com a decisão brasileira, na última terça-feira o chanceler italiano, Franco Frattini, chamou para consultas seu embaixador em Brasília, Michele Valensise.