Garibaldi joga a toalha e deve desistir da reeleição

Portal Terra

BRASÍLIA - O presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), disse que, diante da decisão do ex-presidente Jose Sarney (PMDB-AP) de disputar a presidência da Casa, ele deverá desistir da disputa. Garibaldi reconhece que a candidatura de Sarney deverá prevalecer dentro do PMDB, até porque a sua reeleição poderia ter que enfrentar pendências jurídicas.

- Diante do que vem acontecendo, eu terei que colocar para a bancada que, do mesmo jeito que me apoiou, terá que entender que diante dessas pendências jurídicas que persistem e da candidatura do senador Sarney, acredito que a candidatura dele deve prevalecer - disse.

Mesmo assim, o presidente do Senado vai esperar até que Sarney oficialize sua candidatura à bancada do PMDB para depois retirar seu nome do pleito. Interlocutores próximos a ele afirmam que Garibaldi colocará a questão como uma escolha da bancada do PMDB, que preferiu o nome de Sarney ao dele, e não como uma opção dele que simplesmente desistiu da disputa.

O presidente do Senado estaria frustrado em ter que retirar sua candidatura, embora o nome de Sarney ainda não tenha sido oficialmente confirmado.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais