Político não paga e quebra cancela de pedágio em SP

Portal Terra

SÃO PAULO - Um político passou em alta velocidade e quebrou a cancela da cabine de um pedágio da rodovia BR-153, entre as cidades de Marília e Lins, no interior de São Paulo.

Além de danificar a cancela, o político também passou pelo pedágio sem pagar a tarifa. Segundo a concessionária, o motorista tem 72 horas úteis contadas a partir do acidente para efetuar o pagamento da taxa de R$ 2,60. O incidente aconteceu na madrugada do último sábado (10).

De acordo com a Transbrasiliana, concessionária que administra a via, o motorista seria o vice-prefeito de Getulina (SP), cidade próxima ao local da praça do pedágio.