RS: Chega a 41 o número de cidades em emergência por seca

Portal Terra

PORTO ALEGRE - Seis municípios do Rio Grande do Sul decretaram situação de emergência devido à estiagem que atinge as regiões norte e noroeste do Estado. As cidades de Mariano Moro, Cerro Largo, Roque Gonzales, Machadinho e Ponte Preta enviaram documento à Defesa Civil nesta terça-feira. Com isso, sobe para 41 o número o número de prefeituras que encaminharam pedido de ajuda ao governo do Estado em razão da seca.

A estimativa da Defesa Civil do Estado é de que cerca de 83 mil pessoas tenham sido afetadas diretamente pela seca nestes municípios.

As outras cidades que já haviam decretado situação de emergência são: Barra do Rio Azul, Cerro Grande, Fortaleza dos Valos, Humaitá, Lajeado do Bugre, Marcelino Ramos, Severiano de Almeida, Alpestre, Aratiba, Barra Funda, Boa Vista das Missões, Constantina, Cristal do Sul, Engenho Velho, Gramado dos Loureiros, Iraí, Jaboticaba, Liberato Salzano, Maximiliano de Almeida, Nonoai, Nova Boa Vista, Novo Barreiro, Novo Tiradentes, Novo Xingu, Pinhal, Planalto, Rio dos Índios, Rodeio Bonito, Rondinha, Sagrada Família, São José das Missões, São Pedro das Missões, Seberi, Sete de Setembro, Três Palmeiras e Trindade do Sul.

Segundo a Defesa Civil, as plantações de milho e soja, a citricultura e a pecuária foram afetadas e, em alguns municípios, totalmente perdidas. Os níveis de água estão baixos nos reservatórios.