Odor afasta banhistas de praia no CE

Portal Terra

FORTALEZA - Turistas e moradores de Fortaleza (CE) têm evitado freqüentar a praia Leste Oeste, no bairro Jacarecanga, por conta do odor exalado por uma estação de tratamento de esgoto na orla. Segundo habitantes da região, o mau cheiro leva a população a pensar que a praia é poluída e imprópria para banho, o que seria inverídico.

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), responsável pela estação, informou que a liberação de gás sulfídrico (HS2) pelas torres de tratamento provoca o odor. Segundo a empresa, o problema foi amenizado com uma reforma na estação em 2005, que elevou a altura do duto que elimina os gases de detritos em decomposição de 12 m para 27 m.

Mesmo após a obra, a moradora do bairro Carlito Pamplona, Mônica de Andrade Alves, 30 anos, permanece com receio de usar a água da praia.

- Prefiro tomar banho apenas no chuveiro - disse. O incômodo não impediu, porém, que a praia seja procurada para a prática do surfe.

Segundo moradores de Jacarecanga, houve rumores de que o Instituto Médico Legal (IML) de Fortaleza despejaria dejetos nas águas.

- Isto é lenda. Levamos o material para um cemitério todos os dias - afirmou o diretor do órgão, Maximiniano Leite Barbosa.