Temporão anuncia liberação de R$ 2,7 bi para o SUS

Portal Terra

BRASÍLIA - O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, anunciou a liberação de R$ 2,7 bilhões para reajustar procedimentos realizados em diversas áreas do Sistema Único de Saúde (SUS). Deste total, um dos maiores reajustes vai para aumentar o teto financeiro repassado para Estados e municípios, que será de R$ 662,9 milhões por ano.

- É muito importante esse aumento no teto porque os municípios começarão o ano com mais recursos para a saúde. Os novos prefeitos que assumirão no início do ano vão poder contar com esse acréscimo - afirmou.

Além disso, mais de mil procedimentos hospitalares de média e alta complexidade receberão reajuste, que chegará a 902,6 milhões ao ano.

Também estão contemplados reajustes de diárias dos profissionais de saúde que se dedicam ao trabalho nas UTIs. Segundo o ministro, o reajuste será de 40% nas diárias de todos os tipos de unidades. O impacto total da medida será de R$ 440,9 milhões por ano.

- O objetivo é melhorar a remuneração do custeio, ou seja, de remuneração da diária dos hospitais, para que seja aperfeiçoado o atendimento de cuidado intensivo que se tem nesse tipo de UTI - disse o diretor do departamento de atenção especializada do Ministério, Alberto Beltrame.