Sanguessugas: bloqueados bens de prefeito e ex-prefeito na Bahia

Portal Terra

SÃO PAULO - A Justiça Federal determinou o bloqueio dos bens e a quebra de sigilo bancário do ex-prefeito, Hermes Bonfim Nascimento, do atual prefeito, José Conegundes Vieira, e do membro da Comissão de Licitação , Ricardo Alves Santos, do município de Jânio Quadros, na Bahia. A decisão é desdobramento da atuação da Justiça contra a máfia dos sanguessugas.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), os três são acusados de simular o processo de licitação para camuflar a aquisição de duas ambulâncias superfaturadas com recursos do Fundo Nacional de Saúde (FNS). A irregularidade causou dano de R$ 133 mil aos cofres públicos, segundo o MPF.

Os desvios foram descobertos em fiscalização da Controladoria Geral da União, em 2006. Também foi constatado, segundo o MPF, que as ambulâncias estavam somente sendo utilizadas para o transporte de pacientes, quando deveriam ser usadas também para atendimento médico.

Operação Sanguessuga

A descoberta da atuação de uma quadrilha especializada no fornecimento fraudulento de veículos utilitários para prefeituras de todo País - cuja investigação ficou conhecida como Operação Sanguessuga - começou em 2006, quando 81 pessoas envolvidas no esquema foram denunciadas pelo MPF. Segundo a Procuradoria, as investigações realizadas desde 2002 e a análise da documentação apreendida apontaram a prática de crimes de fraude a licitações, e de lavagem de dinheiro.