Defesa Civil alerta para chuva forte em 12 Estados

Agência Brasil

BRASÍLIA - A Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, divulgou alerta de chuva forte de hoje até sexta-feira em 12 Estados. Nesta quarta-feira, áreas de instabilidade tropicais formam nuvens carregadas e profundas que provocam pancadas de chuva no Tocantins, sul do Maranhão, sul do Piauí e leste e Recôncavo Baiano.

Em alguns momentos, de acordo com a Defesa Civil, a chuva pode ser de forte intensidade e acompanhada de raios. Na Bahia, segundo os modelos de previsão numérica de tempo, o total de chuva acumulada pode passar de 40 mm (a média de chuva para o mês varia entre 50 e 150 milímetros).

Nova frente fria avança pelo litoral do Sudeste formando nuvens carregadas que provocam pancadas de chuva no sul do Rio de Janeiro e no sul e Triângulo Mineiro, áreas que poderão ter, em alguns momentos, temporais isolados com chuva forte, raios e rajadas de vento entre 50 km/h e 60 km/h por hora. Nesta quinta-feira, o alerta é válido para o Triângulo Mineiro, oeste, centro-sul, Zona da Mata Mineira e todo o Estado do Rio de Janeiro. Na sexta-feira, o alerta é válido para os Estados de Minas e do Rio de Janeiro.

Também em Mato Grosso do Sul, uma nova frente fria provoca pancadas de chuva hoje e amanhã, com possibilidade de temporais isolados com chuva forte, raios e rajadas de vento entre 50 km/h e 60 km/h por hora. Na sexta-feira, o alerta persiste para o centro-oeste e o norte do Estado.

Desta quarta até sexta-feira, a presença de áreas de instabilidade tropicais mantém as pancadas de chuva no sul, centro e oeste do Pará, no Acre, no Amazonas e em Rondônia, onde, em alguns momentos, a chuva pode ser de forte intensidade e acompanhada de raios.

Uma frente fria que avança pelo litoral do Sudeste e forma nuvens carregadas que provocarão pancadas de chuva no centro-sul de Goiás de hoje até sexta-feira, com possibilidade de temporais isolados com chuva forte, raios e rajadas de vento entre 50 km/h e 60 km/h.

Os alertas preventivos emitidos pela Sedec são baseados em informações do Centro de Previsão e Estudos Climáticos (Cpetc) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe)e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).