Sobe para 117 o número de mortos por chuva em SC

Portal Terra

RIO - A Defesa Civil de Santa Catarina divulgou em boletim nesta noite que o número de mortos devido às chuvas que atingem o Estado subiu para 117. Trinta e uma pessoas estão desaparecidas. Já o número de desalojados e desabrigados diminuiu para 69.114, sendo que 21.219 estão desabrigados e 47.895 estão desalojados.

Segundo a Defesa Civil, Ilhota é a cidade com o maior número de mortos (37). Em seguida vêm Blumenau (24); Gaspar (16); Jaraguá do Sul (13); Luiz Alves (10); Rodeio (quatro); Rancho Queimados, Benedito Novo e Itajaí (dois óbitos em cada) e Timbó, Brusque, Pomerode, Bom Jardim da Serra, São Pedro de Alcântara e Florianópolis (uma morte em cada).

O governo decretou estado de calamidade pública em 14 municípios: Gaspar, Rio dos Cedros, Nova Trento, Camboriú, Benedito Novo, Luiz Alves, Itajaí, Rodeio, Itapoá, Blumenau, Brusque, Ilhota, Pomerode e Timbó.

A Defesa Civil abriu contas bancárias para receber doações em dinheiro para ajudar as pessoas atingidas pelas chuvas que atingem o Estado. Os interessados em contribuir podem depositar qualquer quantia nas contas: Banco do Brasil - Agência 3582-3, Conta Corrente 80.000-7; Besc - Agência 068-0, Conta Corrente 80.000-0; Sicoob SC - Agência 1005, Conta Corrente 2008-7; Caixa Econômica Federal - Agência 1877, Operação 006, Conta 80.000-8; Bradesco S/A - Agência 0348-4, Conta Corrente 160.000-1; Itaú - Agência 0289, Conta Corrente 69971-2; Sicredi, Agência 2603, Conta Corrente 3500-9; e Santander - Agência 1227, Conta Corrente 430000052.

O nome da pessoa jurídica é Fundo Estadual de Defesa Civil (CNPJ 04.426.883/0001-57). Alguns dos municípios afetados também abriram contas. O número delas e os bancos podem ser consultados pelo 199 na Defesa Civil de cada cidade. Ilhota recebe doações pelo Banco do Brasil - Agência 3148-8, Conta Corrente 90.000-1.