Frente Parlamentar defende piso salarial dos professores

Agência Brasil

BRASÍLIA - A Frente Parlamentar em Defesa do Piso Salarial dos Professores terá audiências nesta quarta-feira com os ministros Cezar Peluso, às 16h, e Carlos Britto, às 18h30, do Supremo Tribunal Federal (STF). Eles vão defender a constitucionalidade da Lei 11738/08.

Os governadores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, do Paraná, Mato Grosso do Sul e do Ceará questionam a validade da lei, que garante o teto de R$ 950 para os professores de todo o país.

Nesta terça-feira, a reunião foi com o ministro Marco Aurélio Mello. Participaram as deputadas federais Fátima Bezerra (PT/RN), presidente da Frente Parlamentar, e Maria do Rosário (PT/RS), os deputados Paulo Rubem Santiago (PDT/PE) e Chico Lopes (PCdoB/CE), além do senador Cristóvam Buarque (PDT/DF) e da senadora Serys Slhessarenko (PT/MT).

A frente pretende se reunir com todos os ministros do STF.