Blumenau: motoristas fazem fila em único posto com gás

Portal Terra

BLUMENAU - Após o rompimento do gasoduto Bolívia-Brasil, os motoristas de Blumenau (SC) enfrentam filas para tentar abastecer os automóveis. O único posto na cidade que ainda fornece o combustível fica lotado e o reflexo pode ser visto na BR-470.

- O movimento duplicou. Não paro de trabalhar um minuto - afirmou o frentista Valdenir Olbirisch.

A maneira encontrada pelo estabelecimento para não suspender as vendas de gás foi buscar o produto fora da cidade.

- Tivemos que montar uma grande estrutura com estoque e reposição imediata - contou o gerente Julio Pitz, que afirma ainda que, apesar das filas, não há aumento no preço.

Os motoristas aprovam.

- Vale a pena. Dá para economizar bastante. O uso do gás diminui os meus gastos em 40% - comenta o comerciário Arnol da Clauman.

- Meu carro faz 5 km por litro, não dá para usar gasolina - contou o comerciante Antônio Giba da Silva.

A fila pode ser vista de longe. Muitos motoristas madrugam para tentar diminuir o tempo de espera. Mas a maioria dos motoristas acaba levando de três a quatro horas para ser atendido.

- Temos que ter paciência. Não tem outro jeito - afirma a vendedora Regina Gaba.

- É uma fila normal, diante de tudo o que estamos passando. Os outros postos deveriam fazer o mesmo - diz Antonio Luiz Goza.