SP: mulher atropela subprefeito para fugir de multa

Portal Terra

SÃO PAULO - O subprefeito da Vila Mariana, em São Paulo, Alexandre Modonezi, foi atropelado na esquina das ruas Tutóia e Rafael de Barros. Segundo a prefeitura, uma corretora de imóveis o atropelou para não ser multada após infringir a Lei Cidade Limpa.

A corretora tentaria negociar com um lojista a fixação de banners imobiliários em frente a um estabelecimento. Ao falar, em voz alta, que já tinha conseguido vender vários apartamentos "graças aos banners", a mulher chamou a atenção do subprefeito, que lhe explicou sobre a lei.

Ele salientou questões como os valores de multas por placas fixadas, que giram em torno de R$ 10 mil, e pediu que ela aguardasse no local enquanto acionava a polícia. A mulher teria entrado no carro e acelerado na direção de Modonezzi.

O subprefeito passa bem e registrou a ocorrência em uma delegacia. Por volta das 18h30, ele fazia exame de corpo de delito.

A Lei Cidade Limpa entrou em vigor em janeiro de 2007. Em 30 de julho passado, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo julgou a lei constitucional, por unanimidade. Deste modo, as demais câmaras do Tribunal também passaram a reconhecer sua constitucionalidade.