Senado: Garibaldi recebe Mantega para tratar da crise finaceira

Norma Moura, JB Online

BRASÍLIA - o presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho, e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, estão reunidos neste momento no gabinete da presidência do Senado. O encontro foi agendado para tratar sobre a crise financeira mundial e as iniciativas do governo brasileiro para enfrentá-la. Entre essas iniciativas, a edição, em outubro, das medidas provisórias 442 e 443, que permitem ao Banco Central socorrer pequenos bancos, aceitando como garantia dos empréstimos suas carteiras de crédito, e ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal adquirir instituições financeiras privadas.

O ministro Mantega deve aproveitar o encontro para pedir apoio à aprovação das MPs, que estão na pauta do Senado desta terça-feira. O presidente do Senado afirmou, na segunda-feira, que ao menos uma das MPs deve ser apreciada hoje. A MP 442, que permite empréstimos a pequenos bancos, é a menos polêmica.

- Pelo menos uma MP nós votaremos. E, se ele [Guido Mantega] for muito convincente, aí, sim, facilitará o trabalho - disse Garibaldi, ao comentar a visita do ministro.

A expectativa de Garibaldi é que as MPs sejam apreciadas e a pauta de votações destrancada para que outros projetos, que se encontram prontos e emperrados por causa das MPs, sejam analisados pelos senadores. Entre esses projetos estão os que tratam da profissão de sacoleiros e o Super Simples.