Recuperação de estradas catarinenses pode custar mais de R$ 300 mi

Portal Terra

FLORIANÓPOLIS - Os gastos com a recuperação das estradas estaduais em Santa Catarina podem passar de R$ 300 milhões e, no caso das rodovias federais, de R$ 60 milhões. A estimativa é do Departamento Estadual de Infra-Estrutura de Santa Catarina e do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit), que ainda estão calculando os prejuízos causados pelas chuvas na malha viária do estado.

Segundo o gerente da Diretoria de Operação e Manutenção do Departamento Estadual de Infra-Estrutura de Santa Catarina, Celso de Farias, não é possível estabelecer um valor exato. Além disso, o orçamento ainda não está completo. - Isso é apenas uma estimativa. Os dados ainda estão sendo levantados - explicou.

A situação das rodovias federais e estaduais de Santa Catarina ainda é crítica. De acordo com dados da Polícia Militar Rodoviária do estado, hoje, oito das 22 estradas estaduais estão interditadas. Muitos trechos das rodovias federais também estão interditados. A BR-470, no trecho próximo a Brusque, foi a mais atingida pelas chuvas que caíram durante cerca de dois meses na região.

De acordo com o Dnit, a recuperação das estradas federais será feita em três etapas. A primeira, que ainda está em execução, prevê a desobstrução e limpeza das estradas. Após a liberação, que está prevista para maio do ano que vem, serão feitas a contenção de encostas e a reconstrução da estrutura das rodovias e do asfalto.

O Dnit estima que o trabalho de recuperação das rodovias deverá ser feito em até seis meses.