Norte e Nordeste terão ajuda do governo para compra de milho

JB Online

BRASÍLIA - Indústrias e comerciantes de milho do Norte e Nordeste poderão contar com a ajuda do governo federal para comprar milho de outras regiões. A Conab vai leiloar nesta sexta-feira Prêmios para o Escoamento (PEP) de 50 mil toneladas do Mato Grosso. Esta é a primeira operação deste tipo no ano para o produto.

Segundo o superintendente da Conab, João Paulo de Moraes, além de abastecer o Norte/Nordeste o leilão também vai ajudar os agricultores mato-grossenses. - Em algumas praças do Mato Grosso a saca de 60 quilos de milho está sendo comercializada muito próxima ou abaixo de R$ 11, valor de referência utilizado pelo governo. O leilão deve contribuir na sustentação do preço - disse Moraes.

Neste ano a estatal ofertou PEP para o mercado de trigo e de uva. No Rio Grande do Sul, o instrumento apoiou a venda de cerca de 12 milhões de litros de vinho. Para os triticultores a estatal ofereceu prêmios para 300 mil toneladas de cereal, mas os leilões terminaram sem nenhuma oferta.

O prêmio é uma ajuda concedida pelo governo para custear o transporte de alimentos para regiões consumidoras e apoiar a comercialização em pólos produtores. Os interessados em participar da operação desta semana terão que comprar o milho cultivado no norte do Mato Grosso e transportar para o Norte e Nordeste, exceto para os estados de Rondônia, Pará, Piauí e Maranhão.