Mãe de Isabella visita túmulo e leva flores em SP

Hermano Freitas, Portal Terra

SÃO PAULO - A mãe de Isabella Nardoni, Ana Carolina Oliveira, chegou por volta das 11h para visitar o túmulo da filha no cemitério Parque dos Pinheiros, no bairro do Jaçanã, zona norte de São Paulo. Acompanhada da sobrinha, Gabriella Melo de Oliveira, Ana Carolina deixou flores, agachou-se e limpou o olho direito, protegido por óculos escuros.

Ela resumiu em uma palavra o que sente: "dor". Ana Carolina disse visitar o túmulo da filha "sempre que pode". A última vez que esteve no local foi na semana passada. Ela disse ainda não encontrar explicação para o que aconteceu e se recusou a comentar a pronúncia do júri dos suspeitos do assassinato, Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá.

A jovem acompanhou uma missa campal celebrada no cemitério pelo dia dos Finados. Antes do culto, foi dedicada a Isabella a canção

- Eu sei que vou te amar.

Ana Carolina foi muito abraçada por desconhecidos e disse que isso acontece "o tempo todo".

Isabella Nardoni foi encontrada ferida no dia 29 de março no jardim do prédio onde moram o pai e a madrasta, na zona norte de São Paulo. Segundo os Bombeiros, a menina chegou a ser socorrida e levada ao Pronto-Socorro da Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta da 0h. O inquérito policial apontou que ela foi agredida, asfixiada e jogada do sexto andar do edifício.

Alexandre está preso na Penitenciária Dr. José Augusto Salgado (P-2), em Tremembé (SP), e Anna Carolina, na Penitenciária Feminina Santa Maria Eufrásia Pelletier, também em Tremembé. O 2º Tribunal do Júri da Comarca de Santana decidiu que eles irão a júri popular.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais