SP: preso motoqueiro suspeito de estuprar 7 mulheres

Portal Terra

SÃO PAULO - A polícia de Marília, a 435 km de São Paulo, anunciou a prisão de um homem suspeito de praticar crimes sexuais contra pelo menos sete mulheres em menos de dois meses. Segundo as investigações, o suspeito, que ficou conhecido como 'Maníaco da Moto', se deslocava de motocicleta e usava um capacete para se esconder das vítimas, que eram levadas, sob a mira de revólver e ameaças, a terrenos baldios e casas abandonadas, onde ele praticaria os atos.

De acordo com o delegado Ricardo Luiz Martines, titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), o operário Reginaldo Soares, 27 anos, é o responsável por perseguir e estuprar as mulheres da zona norte da cidade. Soares, segundo ele, foi reconhecido por sete vítimas e levado preso para a cadeia da cidade de Gália, vizinha de Marília. Na última terça-feira, toda a polícia da cidade iniciou uma operação para prender o acusado, que terminou na madrugada desta sexta-feira.

- Fizemos uma patrulha em conjunto com a ronda escolar e o pessoal da Delegacia da Mulher. Por volta das 23h30 localizamos o acusado nas proximidades de uma escola ´- contou o delegado. Levado à DIG, ele foi reconhecido na madrugada desta sexta-feira por sete vítimas.

- Elas reconheceram as características dele, como a voz, as roupas, a motocicleta, o capacete e outras coisas - explicou o delegado. Segundo ele, o suspeito vai responder por crime de estupro e atentado violento ao pudor, podendo pegar mais de 20 anos de prisão.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais