Fraude na saúde: MP investigará todos contratos de SP

Portal Terra

SÃO PAULO - O Ministério Público de São Paulo informou que 272 promotores da cidadania vão investigar todos os contratos entre hospitais estaduais e empresas fornecedoras de materiais médicos. O trabalho é continuidade da Operação Parasitas, que prendeu cindo empresários suspeitos de fraudas licitações de materiais e insumos médico-hospitalares.

Segundo o Ministério Público, as licitações fraudadas nos últimos quatro anos, apenas para o governo do Estado, ultrapassaram o valor de R$ 56 milhões. Em alguns casos, os preços seriam superfaturados em mais de 400%.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais