Petrobras adia divulgação do Plano de Negócios para o final do ano

Agência Brasil

BRASÍLIA - A Petrobras decidiu adiar para o final do ano a divulgação do Plano de Negócios para o período 2009-2013, já com a previsão de investimentos para a área do pré-sal.

A decisão foi tomada nesta sexta-feira, em reunião do Conselho de Administração da companhia, na sede da estatal, no Rio de Janeiro, com a presença da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

O Plano de Negócios seria divulgado neste mês, mas a empresa considerou necessário concluir as análises dos projetos, frente às novas condições conjunturais da economia mundial.

Para o período 2008-2012, o Plano de Negócios da companhia prevê investimentos da US$ 112,4 bilhões de dólares, recursos que aumentariam significativamente, em razão de centenas de bilhões de dólares, necessários para desenvolver os projetos dos mega-campos na área do pré-sal, na Bacia de Santos.

Em dois campos Tupi e Iara as perspectivas das reservas de óleo recuperável variam entre 7 bilhões e 12 bilhões de barris de petróleo. As reservas atuais do país totalizam pouco mais de 14 bilhões de barris de óleo equivalente.

Apesar do adiamento da divulgação do Plano de Negócios 2009-2013, a Petrobras tem confirmado que a crise financeira internacional não prejudicará as atividades de exploração e produção do pré-sal, uma vez que o grande volume de investimentos nacionais está previsto para os próximos anos.