Satiagraha foi pedida pelo Planalto, diz Protógenes

Portal Terra

SÃO PAULO - O delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz, que comandou a Operação Satiagraha, afirmou em depoimento ao Ministério Público Federal (MPF) que a Presidência da República solicitou a investigação ao então diretor-geral da PF, Paulo Lacerda. A informação é da Folha de S.Paulo.

Lacerda, que estava no comando da Agência Brasileira de Inteligência desde o ano passado e que foi afastado, afirmou que a Satiagraha é um desdobramento da Operação Chacal e negou qualquer determinação do Planalto. Ele ressaltou que nunca falou sobre esse assunto com Protógenes. A Presidência da República não comentou as declarações.

Já a Procuradoria da República do Distrito Federal confirmou as declarações do delegado, mas afirmou não poder entrar em detalhes para não prejudicar as investigações.

Protógenes foi ouvido no processo que investiga supostos abusos cometidos durante a operação. Há a suspeita de que o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, tenha sido grampeado durante a Satiagraha.