Vôo 1907: ajuizada ação contra empresas americanas

Portal Terra

SÃO PAULO - Familiares de vítimas do acidente com o Boeing da Gol, ocorrido há dois anos, ajuizaram na 25ª Vara Civil uma ação contra a companhia aérea e as empresas americanas envolvidas no acidente que matou 154 pessoas em setembro de 2006.

A Excelaire Services, proprietária do jato Legacy, a Honeywell, fabricante do transponder (equipamento anticolisão) e o piloto da aeronave que colidiu com o avião da Gol, Jan Paul Paladino, são citados como réus na ação.

Segundo o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, a ação foi movida no último dia 18 pelo advogado Leonardo Orsini Amarante e está sob responsabilidade da juíza Simone Gastesi Chevrand. A magistrada já pediu para que a Gol seja notificada.