TJ-MG condena igreja por descaso em casamento

Portal Terra

SÃO PAULO - O Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou a Mitra Arquidiocesana de Belo Horizonte ao pagamento de indenização de R$ 2 mil a um casal. Segundo a sentença, a cerimônia do casamento foi feita com "descaso e pressa pelo padre. A informação é da Folha de S.Paulo.

De acordo com o noivo, o casamento foi celebrado em 15 minutos e sem benção final. O padre teria inclusive tirado a batina no altar. Segundo a ação, o casamento estaria marcado para as 20h30, mas por um engano foi registrado na igreja como previsto para as 20h.

Com o suposto atraso, a noiva teve que sair antecipadamente do salão de beleza. Além disso o padre teria chamado o noivo de irresponsável e cara de pau.

Os noivos pediram indenização por dano material, devido à fotografia e à música do casamento, que foram prejudicados, e por danos morais, já que a festa foi cancelada porque o casal estava abalado emocionalmente.

Segundo o desembargador Luciano Pinto, a ausência da homilia e da benção final 'comprometeu as expectativas dos noivos, causando-lhes forte frustração'.