Presos suspeitos de seqüestro em shopping de SP

Portal Terra

SÃO PAULO - Dois suspeitos de manter duas mulheres reféns durante um seqüestro-relâmpago, no Shopping Jardim Sul, na zona oeste de São Paulo, foram detidos ontem, por volta das 20h. Durante a prisão, os suspeitos ofereceram R$ 10 mil para serem liberados pelos policiais.

Policiais militares do 16º Batalhão receberam uma denúncia de que dois homens faziam várias compras, juntamente com duas mulheres, sendo que elas apresentavam sinais de nervosismo.

Segundo a polícia, as vítimas foram abordadas na avenida Diógenes Ribeiro de Lima, em Pinheiros, pelos suspeitos, um deles armado. Os homens anunciaram o roubo e as levaram como reféns no veículo.

Depois de sacarem R$ 1,5 mil em diversos caixas eletrônicos, os suspeitos levaram as vítimas para o Shopping Jardim Sul.

Os homens ofereceram a quantia de R$ 10 mil aos policiais responsáveis pela prisão, que não aceitaram. As vítimas foram liberadas e nada sofreram.