Juiz de Fora: Câmara demite parentes de vereadores

Portal Terra

JUIZ DE FORA - A Câmara Municipal de Juiz de Fora decidiu pela demissão de todos os parentes de vereadores que ocupavam cargos de confiança no Legislativo, tanto na administração quanto nos gabinetes. No total, são 16 servidores. Segundo a assessoria da Casa, a Câmara de Juiz de Fora foi a primeira do Brasil a tomar tal atitude.

A decisão foi tomada pela Mesa Diretora da Casa antes da publicação da súmula do STF que legisla sobre o nepotismo. O documento foi lido nesta tarde em Plenário.

Os primeiros a serem demitidos foram a chefe de gabinete da presidência, Josiana Canalli, e um funcionário técnico, Ricardo Canalli. Os servidores são mulher e irmão, respectivamente, do presidente da Câmara, Francisco Canalli.

A Câmara tem hoje cerca de 230 funcionários, entre comissionados e efetivos.