Vila Olímpica terá aulas de chinês para atletas

JB Online

PEQUIM - Os atletas já têm uma solução para abrandar suas dificuldades em se comunicar com os habitantes chineses durante os Jogos Olímpicos de Pequim. Em entrevista nesta sexta-feira, Deng Yaping, vice-diretora do departamento responsável pela Vila Olímpica, afirmou que a Vila Olímpica terá um Centro de Aprendizado de Chinês para quem quiser aprender algumas palavras em mandarim.

- Os professores deste nosso centro têm muitos anos de experiência em ensinar mandarim para estrangeiros e podem fazer os atletas aprenderem um pouco da nossa língua em poucos dias. Além disso, os competidores podem aprender seus nomes em chinês e escrever um pouco da nossa caligrafia - afirmou Deng, ex-atleta da seleção chinesa de tênis de mesa.

Outra novidade para os atletas olímpicos que estarão em Pequim são os chamados serviços "Chaves de Ouro". Ao todo, 36 diretores-chefes de hotéis renomados de 15 cidades e províncias da China estarão a serviço dos visitantes para atendê-los com todas as necessidades de acomodação que precisarem.

A Vila Olímpica terá ainda um setor destinado apenas para as religiões. De acordo com as exigências do Comitê Olímpico Internacional (COI), os organizadores destinaram cinco áreas do local para atender os atletas que seguem as religiões cristã, budista, islâmica, judaica e hindu.

"Eu estive em duas Olimpíadas (Barcelona e Atlanta) e ao lado de outros integrantes do Comitê Organizador visitamos as vilas em Sidney, Atenas, além de Salta Lake City e Turim (dois locais onde aconteceram os Jogos Olímpicos de inverno)", afirmou Deng Yaping.

- Acredito que com a experiência que temos após estas visitas, pudemos acrescentar muitas coisas em nossa vila. Tentamos fazer um local onde o atleta estrangeiro se sinta em casa - completou a vice-diretora.

Apesar de afirmar que a Vila Olímpica será a casa dos atletas durante o mês de agosto, Deng Yaping alerta que eles terão de se adaptar a algumas regras. "Bebidas alcoólicas serão estritamente proibidas dentro da Vila".

A área residencial da Vila Olímpica contará com 42 prédios para os atletas, incluindo 22 edifícios de seis andares e mais 20 de nove andares. Desde o dia 20, equipes de suporte de 35 delegações estão hospedadas na Vila Olímpica. O local será aberto para os atletas a partir do próximo domingo.

Os Jogos de Pequim serão realizados de 8 a 24 de agosto. O Terra irá transmitir ao vivo e com a exclusividade a competição em 13 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários terão a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso será gratuito.