Historiadores discutem a evolução da América Latina

Agência Brasil

RIO - A Fundação Alexandre de Gusmão, do Ministério das Relações Exteriores, e o Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais reúnem nesta quinta-feira, no Rio, 12 pesquisadores, representantes de países da América do Sul, para debater a evolução histórica e as perspectivas para o continente.

O 1º Encontro de Historiadores Sul-Americanos - 200 Anos de Independência: Olhar o Futuro numa Perspectiva Sul-Americana - será realizado das 9h30 às 13h, no Palácio Itamaraty, no centro da cidade.

Já confirmaram presença os historiadores Mário Rapoport (Argentina); Manuel Burga (Peru); Jorge Pérez Mancebo (Venezuela), entre outros. Entre os brasileiros participam Amado Cervo (UnB); Willians Gonçalves (Uerj); Maria Hermínia Tavares de Almeida (USP) e Wanderley Guilherme dos Santos (Ucam).