TCE-MG admite brecha para fraudes em certidões

Portal Terra

BELO HORIZONTE - O Corregedor do Tribunal de Contas do Estado (TCE) de Minas Gerais, Antônio Carlos Andrada, admitiu ontem que há brechas no sistema que poderiam permitir eventuais fraudes na emissão de certidões do órgão. Ele falou durante audiência na Assembléia Legislativa do Estado.

A Polícia Federal investiga a participação de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado de Minas (TCE-MG) num suposto esquema de recebimento de propina em troca da emissão de certidões negativas de eventuais pendências com o órgão.

Dois servidores do TCE foram presos pela PF na Operação Pasárgada e estão sob investigação por desvios de recursos do Fundo de Participação dos Municípios.