Lula reajusta benefícios do Bolsa Família em 8%

Portal Terra

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu conceder reajuste de 8% aos benefícios do Bolsa Família. A decisão sobre o índice de reajuste foi tomada na reunião da chamada Junta Orçamentária, realizada na noite de ontem no Palácio do Planalto.

Os novos valores entrarão em vigor no mês de julho. O ministro do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias, deverá anunciar oficialmente ainda hoje os novos valores. Desde o início das negociações, o ministro defendia um reajuste mínimo levando-se em conta o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), o que daria cerca de 6% de aumento. Na tarde de ontem, o próprio ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, havia afirmado ser mais "adequada" a confirmação dos 6%.

Na reunião da Junta Orçamentária, no entanto, o presidente e os ministros da área econômica decidiram pelo índice de 8%. Atualmente, o benefício varia de R$ 58 a R$ 172, conforme o nível de pobreza da família e quantidade de filhos em idade escolar.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, 11,1 milhões de famílias estão inseridas no programa. Em 2008, o orçamento inicial para o pagamento dos benefícios, sem levar em conta os reajustes definidos ontem, é de R$ 10,3 bilhões.

O presidente Lula deve assinar hoje um decreto que confirma o aumento do valor dos benefícios.