Agentes de combate às endemias da Funasa do DF ameaçam entrar em greve

Agência Brasil

BRASÍLIA - Os agentes de combate às endemias da Fundação Nacional de Saúde que trabalham no Distrito Federal ameaçam entrar em greve a partir do dia 1º de julho, caso não seja aberta negociação para tornar sem efeito a suspensão do pagamento de indenização de campo.

Ao mesmo tempo, os agentes da Funasa querem que a Gratificação de Atividades de Combate e Controle de Endemias (Gacem) seja estendida à categoria.

Nesta quinta-feira, os representantes dos agentes de combate às endemias da Funasa têm uma reunião com a presidência da instituição. No encontro, eles vão tratar do atendimento de suas reivindicações.

Nesta quarta-feira, eles fizeram um protesto em frente à Praça dos Três Podres para reafirmar as suas reivindicações. Segundo o diretor do Sindicato dos Servidores Públicos do DF (Sindsep-DF), Carlos Henrique Ferreira, a proposta é para que a gratificação não seja dada pelo cargo, mas sim pela função .

No dia 5 de julho, será realizado o Encontro Nacional dos Servidores da Funasa, quando a categoria pretende discutir os rumos do movimento.