Entra em vigor a lei que altera horário em 3 Estados

Agência Senado

BRASÍLIA - Desde a zero hora desta terça-feira, o Brasil passou a ter três fusos horários, e não mais quatro. De acordo com a lei 11.662/08, sancionada a partir de projeto de autoria do senador Tião Viana (PT-AC) e que entrou em vigor nesta terça-feira, o Estado do Acre e parte do Amazonas, que ocupavam o quarto fuso horário brasileiro, passam a ter apenas uma hora a menos em relação ao horário de Brasília. Pela mesma lei, todo o Estado do Pará fica com o mesmo horário da capital do país.

O Estado do Acre tinha uma diferença de duas horas em relação ao horário de Brasília e o Amazonas ocupava dois fusos horários - alguns municípios tinham uma diferença de duas horas em relação à capital e outros, de uma hora. O Pará também tinha dois fusos: os municípios da parte ocidental tinham uma diferença de uma hora em relação a Brasília, enquanto os demais possuíam o mesmo horário da capital.

Quando justificou a apresentação do projeto que deu origem à nova lei, Tião Viana ressaltou que a redução do fuso horário contribuirá para maior integração daquelas regiões com o sistema financeiro do resto do país, bem como para facilitar as comunicações e o transporte aéreo. Para o senador, as mudanças significarão maior participação dessas regiões na vida econômica, política e cultural dos Estados mais desenvolvidos.