CPI apresenta ranking das piores e melhores prisões

Agência Brasil

BRASÍLIA - A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Sistema Carcerário da Câmara apresentou um ranking com as três piores e as três melhores unidades prisionais do país. Para a definição desse ranking, o relator da comissão, deputado Donmingos Dutra (PT-MA), usou como critérios de avaliação a super-lotação, insalubridade, arquitetura prisional, ressocialização através do Estado e do trabalho, assistência médica e maus-tratos.

Segundo o relator, as piores unidades prisionais são, em primeiro lugar, o Presídio Central de Porto Alegre (RS); em segundo lugar, a Colônia Agrícola de Campo Grande (MS); e em terceiro, estão o Distrito de Contagem (MG), a Delegacia de Valparaíso (GO), 52ª Delegacia de Polícia em Nova Iguaçu (RJ) e 53ª Delegacia de Polícia de Caxias (RJ).

Entre as melhores unidades prisionais, segundo o relator Domingos Dutra, estão a Associação Prisional de Amparo (APACS), de Belo Horizonte (MG); Unidade Prisional Regional Feminina Ana Maria do Couto May (MT); e o Presídio da Papuda (DF).

A discussão e votação do relatório final e das propostas do relator serão feitas amanhã à tarde, no plenário da CPI.