SP: Operação combate fraudes na emissão de carteiras de motorista

Agência Brasil

SÃO PAULO - Duzentos agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em trabalho conjunto com a Corregedoria da Polícia Civil e o Ministério Público de São Paulo, estão à procura de 21 suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em falsificar carteiras de motorista. A Operação Carta Branca começou na madrugada de hoje.

O número de pessoas que já foram presas ainda não foi divulgado. Os detalhes sobre a operação devem ser apresentados em entrevista coletiva, às 15h, no Ministério Público.

Além dos mandados de prisão, foram expedidos 25 mandados de busca e apreensão de documentos e outros objetos que possam servir de prova dos crimes, praticados, segundo a PRF, na região metropolitana de São Paulo.

Entre os acusados estão donos de auto-escolas, servidores públicos e responsáveis pelos fornecimentos dos testes de avaliação médica e psicológica, exames necessários para se obter a carta de motorista.