Lula cancela entrevista coletiva em Roma

JB Online

ROMA - O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, cancelou a entrevista coletiva que faria depois do discurso na Conferência de Alto Nível sobre a Segurança Alimentar Mundial, da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), na manhã desta terça-feira.

Lula deixou o encontro sem dar declarações à imprensa. De acordo com o ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Franklin Martins, a atitude foi uma decisão pessoal do presidente.

Em discurso na abertura da Conferência da FAO - a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação - o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um apelo pelo fim da fome e criticou duramente os países que atribuem ao Brasil e às plantações de etanol e biocombustíveis a responsabilidade pela crise nos alimentos no mundo.

Além disso, Lula rebateu com ironia as críticas de que, no Brasil, as plantações de cana-de-açúcar para a produção de etanol estariam invadindo a Amazônia.