Diretor tranca alunos contra violência, diz jornal

Portal Terra

CURITIBA, PR - O diretor da escola estadual Professor Alberto Krause, em Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba (PR), teria determinado que as aulas aconteçam a portas fechadas, devido à ocorrência freqüente de assaltos. A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

Claudemir Figueiredo, 42 anos, teria comparado a situação na escola que dirige a um estado de sítio, com suspensão temporária de direitos e das garantias individuais.

Segundo ele, essa seria a única maneira de permitir o funcionamento da escola. As portas da escola seriam fechadas por dentro, e os professores ficariam com as chaves.

A coordenadora da Patrulha Escolar Comunitária da Secretaria da Educação do Estado, Margarete Lemes, teria afirmado que o colégio já foi alvo de diversas operações da patrulha escolar e disse que a situação na escola "está sob controle".