RS: vereadores proíbem nariz de palhaço em sessões

Portal Terra

PORTO ALEGRE - Os vereadores do município de Estrela, no Rio Grande do Sul, aprovaram por cinco votos a quatro o projeto dos vereadores Paulo Scheeren (PPS), Osmar Ferrari (DEM), Renato Horn (PPS) e João Lenhard (PPS) que proíbe o público de assistir às reuniões com objetos, cartazes, indumentárias ou outros meios que visem ofender ou ridicularizar o Legislativo ou seus membros.

Segundo os autores do projeto, a utilização de nariz de palhaço para protestar nas sessões contra vereadores e não contra uma matéria é ofensiva e causa desconforto, inclusive, aos assistentes.

De acordo com os vereadores que propuseram o projeto, a medida visa ao bom funcionamento da Casa, coibindo atos que atentem contra a dignidade do parlamento e da própria democracia. Foram favoráveis ao projeto os autores, além do vereador Ademar Dadall (PDT).

Os vereadores Fernando Schneider (PMDB) e Joel Mallmann (PSB) afirmam que a matéria é antidemocrática, segundo o site da Câmara de Vereadores de Estrela. O presidente da Casa, Ademar Dadall, esclareceu que a liberdade continua desde que seja mantida a ordem, o respeito e que as manifestações não visem ofender o Legislativo.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais