Paulinho teria prometido tirar coronel da prisão

Portal Terra

BRASÍLIA - O deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força, teria ficado "desesperado" com a Operação Santa Tereza, que desmontou suposto esquema de desvio de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Paulinho também teria prometido providenciar advogado e tirar da prisão o coronel da Polícia Militar seu amigo Wilson Consani, apontado pela Procuradoria da República como um dos principais operadores da trama BNDES. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.

As informações teriam sido colhidas pela Polícia Federal por meio de gravações telefônicas autorizadas pela Justiça e constariam em um relatório feito pela PF.

Paulinho está sendo investigado também pela Corregedoria da Câmara. Ontem, ele pediu o arquivamento da sindicância aberta na Casa.

O deputado entregou sua defesa ao corregedor da Câmara, Inocêncio Oliveira (PR-PE), alegando inocência e pedindo para que o processo aberto contra ele na Casa não seja enviado ao Conselho de Ética.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais