Lula se reúne em Lima com presidente eleito do Paraguai

Agência Brasil

LIMA - Seis reuniões com chefes de Estado estão na agenda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que participa hoje (16) em Lima, no Peru, da 5ª Cúpula América Latina, Caribe e União Européia. Um dos mandatários com quem Lula se encontra é o presidente eleito do Paraguai, Fernando Lugo, que defende a revisão do Tratado de Itaipu e o aumento da tarifa da energia produzida na usina que o seu país vende para o Brasil. O atual presidente paraguaio, Nicanor Duarte, também participa da reunião.

Há ainda encontros com o presidente da Comissão Européia, Durão Barroso, e com os governantes da Jamaica, da República Tcheca, da Polônia e da Bulgária.

O dia de debates dos chefes de Estado que se reúnem em Lima começa logo cedo com a sessão plenária de abertura do evento. Em seguida, vários grupos de trabalho discutem os dois eixos centrais da cúpula. Um deles discutirá a pobreza, desigualdade, inclusão e desenvolvimento sustentável e o outro tratará de mudanças climáticas, meio ambiente e energia.

Ao final do dia, os mandatários assinam a Declaracão de Lima, que trará as conclusões das discussões iniciadas no dia 13 pela delegação dos altos funcionários dos países participantes. O documento vai traçar os caminhos a serem percorridos para se alcançar os objetivos definidos nas áreas social e comercial.

Chaceleres e presidentes já afirmaram que temas como energia, crise de alimentos, imigração, combate ao terrorismo e ao crime organizado devem estar incluídos na declaração.

Ao longo do dia, também ocorrem reuniões entre os blocos econômicos da União Européia, Caribe e América Latina.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais