Marina diz que sua atuação no Senado será mais para Marina Silva

JB Online

BRASÍLIA - Na entrevista coletiva que concedeu nesta quinta-feira, a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva disse que está tranqüila por deixar o ministério e voltar ao Parlamento.

Questionada por um repórter que lhe perguntou se a sua atuação iria ser mais para Ideli Salvatti ou para Eduardo Suplicy, Marina respondeu: 'vai ser mais para Marina Silva'.

Na entrevista, a primeira que concedeu após entregar a carta de exoneração ao presidente da República, na terça-feira, Marina destacou que já falava como 'senadora da República'. Disse que, apesar de ter tomado uma decisão que reconhece como difícil (a de deixar o ministério), estava tranqüila em relação a sua determinação. A senadora avaliou o trabalho que desenvolveu nos cinco anos à frente do ministério, falou das reservas ecológicas, dos programas de combate à desertificação e da importância de o governo federal dar continuidade às políticas implantadas durante sua gestão.

Com informações da Agência Senado

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais