Ministério teria pago fotos pessoais de Berzoini

Portal Terra

SÃO PAULO - O Ministério do Trabalho teria pago, em 2004, fotos destinadas ao arquivo pessoal do presidente do PT, o deputado Ricardo Berzoini (SP), com recursos referentes à cobertura de gastos da administração pública, de acordo com o Estado de S. Paulo. Na época, ele comandava o ministério.

Documentos da CPI dos Cartões mostrariam que a assessoria de comunicação social do Ministério comprou três fotos de Berzoini - ao custo total de R$ 112 - de duas empresas de comunicação.

Ainda segundo o jornal, em um dos e-mails trocados com uma das empresas contatadas, a assessoria de Berzoini informava que "as fotos serão para o arquivo pessoal do sr. ministro Ricardo Berzoini".

A CPI já teria detectado outros gastos do presidente do PT. Segundo o Estado de S. Paulo, Berzoini teve despesas de hospedagem pagas pela União em uma viagem que incluiu evento político do PT, em São Paulo.