Dois milhões devem ir a shows do Dia do Trabalho em SP

Portal Terra

SÃO PAULO - Os eventos da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da Força Sindical realizados em comemoração ao Dia do Trabalho devem reunir cerca de 2 milhões de pessoas em São Paulo, segundo estimativas das organizações.

A comemoração da CUT será no autódromo de Interlagos, Zona Sul, das 12h às 18h. A expectativa de público é de 500 mil pessoas. A CUT reforçará a importância do Abaixo-Assinado da Campanha Nacional pela Redução de Jornada de Trabalho, sem redução de salário.

Entre os shows previstos para acontecer após as 17h, estão Mart'nália e Banda, Frejat (Barão Vermelho), Arnaldo Antunes (ex-Titãs) e Edgard Scadurra (ex-Ira).

Já o evento da Força Sindical acontece na praça Campo de Bagatelle, zona norte, e reúne cerca de 40 shows. A estimativa é que 1,5 milhão de pessoas compareçam.

Este ano o lema do evento será "Reduzir a jornada é gerar empregos". A Força Sindical está empenhada na campanha pela redução da jornada sem redução salarial. Serão colhidas assinaturas para convencer os parlamentares dos benefícios resultantes da redução da jornada.

Entre os artistas convidados para o evento estão Chitãozinho & Xororó, Zezé Di Camargo & Luciano, César Menotti & Fabiano, Wanessa Camargo e Daniel.