Casos de dengue ultrapassam 10 mil no Ceará

Portal Terra

FORTALEZA - A Secretaria de Saúde do Ceará divulgou novo boletim confirmando 10.666 pessoas infectadas pela dengue em 2008. O número é quase a metade do total notificado em todo ano passado, quando foram registradas 25.026 ocorrências.

Com relação à dengue hemorrágica, já foram 156 casos, com duas mortes. Os casos mais críticos são mais comuns entre crianças e adolescentes de até 14 anos.

Nos hospitais públicos de Fortaleza, falta espaço para quem procura socorro; são centenas de mães e crianças assustadas com os sintomas. - Eu pensei que fosse morrer - lembra Igor, 11 anos. No hospital onde ele foi internado cresceu também a procura por exames de sangue, que podem indicar a contaminação. Um jardim de inverno acabou dando espaço para um posto de coleta de sangue.

A Secretaria de Saúde do Ceará, que só admitiu a epidemia de dengue hemorrágica há 2 semanas, admite que o quadro ainda vai piorar, já que o período chuvoso, propício para o desenvolvimento das larvas do mosquito ainda deve durar até o mês de junho.

Nas farmácias da capital cearense, faltam repelentes para insetos e alguns colégios da rede particular mudaram o uniforme dos alunos, em geral bermudas, para calças compridas, na tentativa de evitar a picada do mosquito. Os carros "fumacês" e a polícia agora estão nas ruas para tentar diminuir os índices.