Justiça concede liberdade a Roberto Cabrini

Portal Terra

SÃO PAULO - O Ministério Público de São Paulo informou no início da noite de hoje que um juiz do Depertamento de Inquéritos Policiais (Dipo) concedeu relaxamento de flagrante ao jornalista Roberto Cabrini, para que ele seja libertado.

Cabrini, repórter da Rede Record foi detido com cocaína por volta das 18h da última terça-feira na saída de uma favela na região Sul de São Paulo após uma abordagem policial. A prisão por tráfico de drogas foi baseada na quantidade da droga, mais de 10 gramas, e no fato de estar dividida em papelotes.

Por meio de uma carta, o jornalista informou que foi "vítima de uma armação, em virtude de estar investigando assuntos que incomodam a muitas pessoas".

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais