PT nacional desaprova aliança com PSDB em Minas

Portal Terra

BRASÍLIA - A Comissão Executiva Nacional (CEN) do PT, que se reuniu nesta terça-feira, em Brasília, avaliou que a decisão do PT de Belo Horizonte (MG) - de coligar-se ao PSDB na disputa municipal - contraria o que foi definido em deliberação do Diretório Nacional e que, portanto, tal aliança deverá ser submetida à aprovação da própria comissão.

A CEN do PT reafirmou a posição já manifestada diversas vezes pelo presidente nacional do partido, deputado Ricardo Berzoini, contrária a qualquer mudança nas regras constitucionais relativas à reeleição para cargos executivos que sejam válidas para os atuais mandatários.

- Realizamos, em setembro de 2007, nosso 3º Congresso e esta questão não foi proposta por nenhum dos 937 delegados presentes. Por isso, o PT desautoriza qualquer manifestação nesse sentido por parte de seus filiados - aponta a nota.

"A Comissão Executiva Nacional lembra, ainda, que o PT foi contra o casuísmo da emenda da reeleição proposta e aprovada pelo PSDB e pelo então PFL (hoje DEM), em 1997."

A Comissão Executiva também se posicionou contrária a um eventual aumento na taxa básica de juros pelo Comitê de Política Monetária (Copom) e orientou a bancada petista sobre o projeto que altera a tramitação de Medidas Provisórias no Congresso.