CPI dos Cartões acha gasto de ex-ministro

Portal Terra

SÃO PAULO - A CPI mista dos Cartões começou a checar as centenas de caixas de documentos remetidas pelo governo nos últimos dias. Parlamentares localizaram na terça-feira um gasto de R$ 1,4 mil realizado pelo atual deputado Eunício Oliveira (PMDB-CE) quando ocupava o cargo de ministro das Comunicações. Trata-se de um pernoite no Hotel Unique, um dos mais luxuosos de São Paulo. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo o jornal, o ministro hospedou-se no hotel de 17 para 18 de novembro de 2004. De acordo com a nota fiscal obtida pelo Estado, o Ministério das Comunicações pagou R$ 1.250 pela diária, R$ 60 pelo café da manhã e R$ 15 de consumo no minibar do apartamento ocupado pelo ministro. De acordo com os documentos, Eunício foi acompanhado de um assessor, cujas despesas somaram R$ 632,95.

O ex-ministro afirmou que foi a São Paulo para a abertura de um congresso. As normas permitem que as despesas de ministros, quando em vigem a trabalho, sejam pagas pela administração. Não há limite para os gastos. No caso de Eunício Oliveira, chamou a atenção de integrantes da CPI o preço do hotel escolhido.

Olívio Dutra

A CPI também localizou despesas do ex-ministro das Cidades Olívio Dutra. Há um gasto de R$ 393,25 no dia 1º de maio de 2005, um feriado, realizado no estabelecimento Chop e Cia Bar e Restaurante, localizado em Porto Alegre. Na mesma data, há registro de outra despesa realizada em Caxias do Sul, cidade a 96 km de Porto Alegre, no valor de R$ 185. As notas foram atestadas pelo então chefe de gabinete de Olívio, Dirceu Lopes. O ex-ministro não foi localizado. De acordo com um ex-assessor, Olívio tradicionalmente cumpria agenda oficial nas comemorações do Dia do Trabalho e era habitualmente rigoroso na realização de gastos.