UnB: MEC anuncia professor como reitor temporário

Portal Terra

BRASÍLIA - O ministro da Educação, Fernando Haddad, confirmou hoje o nome do jurista Roberto Aguiar como reitor pro-tempore da Universidade de Brasília. O nome do professor aposentado da UnB foi oficializado pelo Ministério da Educação após indicação do Conselho Universitário (Consune). A indicação será publicada amanhã no Diário Oficial da União.

Aguiar assume a administração da UnB por um prazo entre 90 e 180 dias para conduzir o processo eleitoral para escolha da nova gestão. O reitor temporário tem 67 anos e é natural de São Vicente, em São Paulo. Ele é jurista e foi secretário de Segurança Pública no Rio de Janeiro e no Distrito Federal. Aguiar coordenou o Plano Nacional de Segurança Pública do PT. Na UnB, ele foi procurador-geral na gestão do reitor Antônio Ibãnez.

O reitor da UnB, Timothy Mulholland, comunicou, no domingo, ao ministro da Educação, Fernando Haddad, que iria renunciar ao cargo. Ele já havia pedido licença do cargo por 60 dias. Com o afastamento do reitor, o vice-reitor Edgar Mamiya assumiu o cargo provisoriamente e também pediu exoneração do cargo.

O reitor deixou o cargo após as denúncias de que ele teria utilizado, de forma irregular, verbas destinadas a pesquisas. Ele teria desviado R$ 470 mil desse dinheiro para decorar seu apartamento funcional. Há mais de 10 dias, estudantes da UnB ocuparam o prédio da reitoria pedindo a saída de Mulholland.