Caso Isabella: vizinho diz que ouviu criança berrando

Portal Terra

SÃO PAULO - Uma pessoa que mora próxima ao edifício London, onde a menina Isabella Nardoni foi encontrada ferida, disse hoje ao programa Balanço Geral da Rede Record que ouviu uma criança "berrando" e um adulto gritando simultaneamente na noite da morte da menina. Segundo ele, os gritos duraram cerca de 30 segundos.

Isabella Nardoni, 5 anos, foi encontrada ferida, no sábado, dia 29, no jardim do prédio onde moram o pai, Alexandre Nardoni, e a madrasta, Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá, na Zona Norte de São Paulo. Segundo os Bombeiros, a menina chegou a ser socorrida e levada ao Pronto-Socorro da Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta da 0h.

O vizinho, que não quis se identificar, disse que estava vendo televisão quando ouviu os gritos. Ele falou que é muito comum ouvir barulhos vindos do edifício London do lugar onde ele mora. Segundo ele, é mais fácil escutar barulhos do prédio do que da rua, pois "o som propaga".

O morador disse que aumentou o volume da televisão e não escutou mais nada vindo do prédio.